Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bem vindo ao Visão Notícias - 07 de Julho de 2022 - 06:54

BAIXA PROCURA

Saúde alerta sobre importância da vacinação contra gripe para evitar circulação do vírus

24 de Maio de 2022 ás 10h 33min, por Karoline Kuhn
Foto por ASSESSORIA

A campanha nacional de imunização contra Influenza, popularmente conhecida como gripe, está em andamento desde abril e a procura das pessoas que formam o público-alvo em Sinop segue baixa. Da meta de aproximadamente 43 mil pessoas, a cobertura ainda não atingiu 30%. A secretária de Saúde, Daniela Galhardo, destaca que a Secretaria oferece o imunizante em vários pontos da cidade de segunda à sexta-feira, além de fazer ações especiais aos sábados, também em diferentes localidades. “É de suma importância a vacina da influenza. Estamos com a campanha desde abril e é interessante que as pessoas procurem as unidades e deixem o cartão de vacinas atualizado. É uma forma de prevenir e de impedir que o vírus se fortaleça e propague”, pontuou.

A sensação de falsa segurança pode ser um dos motivos causadores da baixa procura. É o que aponta a coordenadora de Imunização e Rede Frio, Sirlei Castilho. “Por conta do vírus ainda não estar circulando na nossa região, as pessoas estão com essa falsa sensação de que não vão contrair a gripe nesse período”, destacou.

Ela lembra que o vírus sofre constante mutação e a vacinação, ofertada anualmente, é fundamental para que a pessoa não sofra complicações em decorrência da doença. “A vacina ofertada pelo Ministério da Saúde é a trivalente, que é a H1N1, H3N2 e um sorotipo B, que são os vírus mais comuns e que se o indivíduo com uma saúde mais prejudicada chegar a contrair o vírus, a chance de internação, complicação e até a morte é bem maior”, reforçou.

A campanha, iniciada pelo Governo Federal em abril, tem como objetivo vacinar os seguintes grupos: idosos com 60 anos ou mais; trabalhadores da saúde; crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade; gestantes e puérperas; povos indígenas; professores; pessoas com deficiência permanente; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário; membros das forças de segurança e salvamento e forças armadas e, trabalhadores portuários.  Destes grupos, a menor procura tem sido de crianças, gestantes e puérperas. Já os idosos e os trabalhadores são os grupos que têm procurado pelo imunizante com mais frequência.

Para vacinar, além de compor os grupos prioritários estipulados pelo Ministério da Saúde, o munícipe deve apresentar documentos pessoais, cartão SUS e o cartão de vacinação

Confira os locais de vacinação de segunda à sexta-feira - das 7h às 10h30 e das 13h às 16h30:

UBS Sabrina

UBS São Francisco

UBS Nações

UBS Oliveiras

UBS Palmeiras

UBS Primaveras

UBS Camping Club

UBS São Cristóvão

UBS Ibirapuera

UBS Maria Vindilina II

CIA Jacarandás - das 7h às 17h30

CIA André Maggi  - das 7h às 17h30

CIA Umuarama - das 7h às 17h30

 

Segundas, quartas e sextas-feiras - das 7h às 10h30 e das 13h às 16h30:

UBS Alto da Glória

UBS Gente Feliz

 

Confira os locais de vacinação de sábado – 8h às 17h:

UBS Sabrina

UBS São Francisco

UBS Ibirapuera

UBS Nações

UBS Palmeiras

UBS Primaveras

UBS Maria Vindilina II

CIA Jacarandás

CIA André Maggi