Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bem vindo ao Visão Notícias - 21 de Abril de 2024 - 22:58

ACIDENTE

Sinop: Acidente grave entre carreta e camionete é registrado na BR-163, mulher morre

01 de Abril de 2022 ás 09h 44min, por VISÃO NOTÍCIAS
Foto por Jeison Brendler

Uma adolescente de 17 anos morreu, há pouco, em um acidente envolvendo uma camionete Ranault Oroch, branca, e uma carreta Scania, branca. Ela era condutora do carro. A colisão frontal entre os dois veículos ocorreu na BR-163 na baixada conhecida como “Rio 15”, no Camping Clube. O transito está parcialmente interditado e equipes de socorro da Rota do Oeste foram acionadas.

Segundo informações preliminares dão conta que a camionete tentou uma ultrapassagem indevida e colidiu contra a carreta. As causas serão apuradas.

Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal foi acionada para atender o acidente.

Testemunhas relataram que a condutora estava tentando ultrapassar outra carreta na subida.

Esse é o segundo acidente registrado apenas hoje na BR-163 em Sinop.

Como já noticiado, um homem perdeu a vida durante a madrugada em uma colisão entre um carro VW Fox, de cor cinza-placa Mercosul, e um caminhão Ford FI600, ocorreu durante a madrugada desta sexta-feira (01) na BR-163 próximo ao bairro Jardim América. O motorista do carro, nome não informado, morreu no momento da colisão.

Segundo informações, os dois veículos estavam seguindo sentido ao centro de Sinop quando na baixada conhecida como “Baixada do Rio Preto”, o motorista do Fox, colidiu na traseira do caminhão.

Com o impacto o motorista morreu na hora. Equipes da Concessionária Rota do Oeste estiveram no local para tentar socorrer a vítima, mas nada puderam fazer. A identidade do motorista não foi informada.

A Polícia Rodoviária Federal esteve no local para controlar o transito e realizar os procedimentos de praxe.

O casal que estava no caminhão não se feriu e assinaram um termo de recusa de atendimento. Eles disseram que estava retornando de um sitio.

De acordo com uma testemunha, o velocimetro travou em aproximadamente 160km/h. Próximo ao local existe um radar e tudo indica que o caminhão teria diminuido a velocidade e o veículo de passeio não percebeu e bateu, mas as informações devem ser confirmadas pela Polícia Civil.