Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bem vindo ao Visão Notícias - 29 de Novembro de 2021 - 04:25

NOVAS EMPRESAS

Sinop abre mais empresas na pandemia do que em anos anteriores; Saldo é 37% maior em 2021

14 de Outubro de 2021 ás 12h 38min, por Vanessa Kienen e Everton Medeiros
Foto por DIVULGAÇÃO

O número de empresas abertas em Sinop, nos primeiros oito meses de 2021, revela um crescimento significativo, apesar do período de pandemia. Foram 3.847 novas empresas abertas no município até agosto, enquanto em 2020, no período pandêmico, o saldo ficou em 2.817 novas empresas, o que representa um aumento de 36,56% no comparativo. Em 2019, no período “pré pandemia”, esse saldo foi de 2.603 de janeiro até agosto, o que significa que mais empresas abriram durante a pandemia, do que no ano anterior a existência do vírus.

Em 2020, foram abertas em média 357 empresas por mês. Em 2021, o número chega a uma média mensal de 480 novas empresas, o que corresponde a um aumento de 34%. Os dados mostram também, que em apenas oito meses, o número de empresas abertas já atingiu 90% do total do ano de 2020. Os dados são da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Sinop.

Jefferson Diniz de Melo, que é o coordenador do Centro de Atendimento Empresarial (CAE) departamento da SEDEC, frisou que “Mesmo sem a apuração dos dados do último quadrimestre de 2021, o número de empresas abertas em Sinop já ultrapassou em aproximadamente 5% o quantitativo total de novas empresas de 2019. Se Sinop continuar na velocidade que está, possivelmente também vai ultrapassar o crescimento de 2020”, ressaltou.

Para o coordenador, esse aumento reflete no crescimento em atendimentos do Centro de Atendimento Empresarial (CAE), que registrou até Agosto de 2021, 1.003 atendimentos. “Em 2021, já atendemos 40% a mais do que em 2020. Atendimentos de regularização, formalização e alteração de cadastros empresariais, porém o destaque do ano, foram os atendimentos voltados para os acessos a linhas de crédito, em parceria com o banco do fomento do estado, o desenvolve MT, que representam 43% de todos os atendimentos”, destacou.

Para ele, o número de atendimento do CAE tem um impacto importante no crescimento de empresas abertas no município. “Se analisarmos o painel de empresas do Governo Federal, vamos constatar 20.206 empresas abertas, entre matrizes e filiais. Analisando o Data Sebrae indicadores, temos que aproximadamente 85% das empresas registradas em Sinop, ou são Microempreendedor Individual (MEI) ou Microempresa (ME). Vale ressaltar que essas empresas são aquelas que faturam até 360 mil reais, sendo o teto de faturamento do MEI de 81 mil reais. Esses dados só reforçam o impacto que as microempresas têm para o município”, frisou.

Em caso de dúvida, o munícipe pode procurar o CAE para informações e orientações, de registro e legalização de empresas.